EUA confirmam que Coréia do Norte realizou teste nuclear

Mostras de ar coletadas depois que a Coréia do Norte anunciou ter realizado um teste nuclear, na semana passada, apontaram a existência de resíduos radioativos que confirmam a ocorrência da explosão, anunciou nesta segunda-feira o gabinete do diretor de Inteligência Nacional dos Estados Unidos, John Negroponte.Num breve comunicado publicado na página do gabinete na internet, a agência dirigida por Negroponte também confirma que a potência da explosão foi de menos de 1 quiloton, o significaria uma detonação fraca para os padrões nucleares. Um quiloton é a potência equivalente à explosão de mil toneladas de TNT."Análises das amostras de ar coletadas em 11 de outubro de 2006 detectaram partículas radioativas que confirmam que a Coréia do Norte conduziu um teste nuclear subterrâneo em P´unggye em 9 de outubro de 2006", diz a declaração oficial.Na sexta-feira, uma fonte no governo americano havia informado à Associated Press que as amostras de ar colhidas detectaram resíduos radioativos consistentes com uma explosão nuclear. Na ocasião, porém, os serviços americanos de espionagem não confirmaram oficialmente que o teste nuclear havia sido realizado.A declaração do gabinete de Negroponte é a primeira confirmação oficial de que a Coréia do Norte realmente realizou o teste nuclear que afirmou ter conduzido na segunda-feira passada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.