EUA congelam ajuda militar à Bolívia

O governo dos Estados Unidos congelará umapoio militar de US$ 2 milhões à Bolívia devido ao fato de oCongresso do país sul-americano não ter ratificado a tempo umacordo que reconheceria a imunidade de cidadãos norte-americanosperante o Tribunal Penal Internacional (TPI). "Nós não abrimos exceções para outros países e não creio queexceções devam ser feitas no caso da Bolívia", declarou àimprensa o comandante americano James Hill depois de uma reuniãocom o presidente boliviano, Carlos Mesa. Washington deu até 31 de dezembro para que a Bolíviaratificasse o acordo. O documento foi aprovado pelo presidente,mas o Congresso declarou recesso até janeiro sem debater otema.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.