EUA congelam fundos de ex-ministro venezuelano

O Departamento do Tesouro dos Estados Unidos anunciou hoje que congelará os fundos de um ex-ministro e dois funcionários do governo da Venezuela, acusando-os de apoiar atividades de narcotráfico atribuídas às Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc). Os venezuelanos em questão são Hugo Armando Carvajal Barrios (diretor do serviço secreto militar do país sul-americano), Henry de Jesús Rangel Silva (diretor da polícia secreta) e Ramón Emilio Rodríguez Chacín, que foi ministro de Interior e da Justiça até o último dia 8.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.