EUA consideram planos sírio distantes da realidade

Os planos do presidente da Síria, Bashar al-Assad, para encerrar a guerra civil que atinge o país são "distantes da realidade" e ele deveria renunciar, disse a porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, Victoria Nuland, neste domingo.

EQUIPE AE, Agência Estado

06 de janeiro de 2013 | 19h28

O discurso de Assad "é outra tentativa do regime de manter poder e não faz nada pelo avanço do objetivo do povo sírio de transição política. A iniciativa dele está distante da realidade", disse Victoria. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EUASíria

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.