EUA continuam atacando linha de frente afegã

Caças americanos voltaram nesta quarta-feira a bombardear posições do Taleban nos arredores de Cabul, capital do Afeganistão. O objetivo dos ataques é enfraquecer as defesas do Taleban na região e permitir que soldados da Aliança do Norte, grupo que se opõe à milícia islâmica, avancem em direção à capital afegã.Testemunhas disseram que os talebans não tentaram abater nenhum avião americano. Porém, ainda não há nenhum sinal de que os soldados da Aliança do Norte, formada pelas minorias étnicas tajique e usbeque, estejam preparados para lançar um ataque contra o Taleban.De acordo com essas testemunhas, jatos americanos lançaram dezenas de bombas no final da terça-feira e mais duas na madrugada de quarta-feira atrás da linha de frente do Taleban, que fica a cerca de 40 quilômetros de Cabul.A agência de notícias Bakhtar, controlada pelo Taleban, disse que as explosões na capital afegã e na cidade de Jalalabad mataram pelo menos 10 pessoas e deixaram outras 19 pessoas feridas. A informação não pôde ser confirmada por fontes independentes. O Pentágono nega as acusações de que os ataques teriam deixado muitos civis mortos no Afeganistão.Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.