EUA continuam com nevasca na madrugada de 6ª feira

Boston, 03/01/2014 - Uma tempestade de inverno continuou a assolar o nordeste dos EUA na madrugada desta sexta-feira, com fortes ventos, temperaturas muito baixas e até 60 centímetros de neve.

AE, Agência Estado

03 de janeiro de 2014 | 03h34

Algumas escolas da Nova Inglaterra e de Nova York fecharam ontem por causa da nevasca. Grandes rodovias tiveram que ser interditadas durante a noite e as companhias aéreas dos EUA cancelaram mais de 2.300 voos ao redor do país na quinta-feira.

A nevasca começou um dia depois de Bill de Blasio assumir a prefeitura de Nova York, e alguns dias antes do prefeito de Boston, Thomas Menino, encerrar um período de 20 anos no governo. O prefeito de Boston disse que as escolas continuarão fechadas nessa sexta-feira, onde há a previsão de 36 centímetros de neve.

De Blasio, que em 2010 criticou publicamente o ex-prefeito Michael Bloomberg pelo modo como lidou com as nevascas após o Natal, disse que centenas de veículos para limpar a neve estariam nas ruas logo que a neve começasse a cair na noite de quinta-feira.

No fim de quinta-feira, o Serviço Nacional de Meteorologia alertou que Boxford, ao norte de Boston, recebeu 60 centímetros de neve e partes do estado de Nova York haviam registrado 45,72 centímetros.

O serviço emitiu um alerta de nevasca para Cape Cod, áreas costeiras ao norte e ao sul de Boston e em parte do Maine, bem como para Long Island, onde pode haver 25 centímetros de neve e ventos de até 72 quilômetros por hora. A expectativa para a cidade de Nova York é de 20 centímetros de neve, e em Filadélfia 18 centímetros. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAclimanevasca

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.