Salwan Georges/The New York Times/ 19/11/2015
Salwan Georges/The New York Times/ 19/11/2015

EUA cumprem meta de receber 10 mil refugiados sírios um mês antes de prazo

Governo trabalha com Congresso para aumentar o número de admissões em 2018

O Estado de S.Paulo

29 Agosto 2016 | 22h01

WASHINGTON - O governo do presidente Barack Obama atingiu sua meta de admitir 10 mil refugiados sírios neste ano fiscal - que termina em 30 de setembro - um mês antes do prazo e está trabalhando com o Congresso para aumentar a meta em mais alguns milhares em 2018, disse a conselheira de Segurança Nacional Susan Rice, em um comunicado nesta segunda-feira.

"Embora a admissão de refugiados seja apenas uma pequena parte de nossos amplos esforços humanitários na Síria e na região, o presidente compreendeu a importante mensagem que esta decisão passaria, não apenas aos sírios, mas à ampla comunidade internacional", disse Rice.

A admissão americana de refugiados sírios tem sido um assunto quente na corrida presidencial de 2016, com o candidato republicado Donald Trump alertando que militantes violentos poderiam entrar no país se passando por refugiados. Trum disse que o Estado Islâmico estaria tentando se infiltrar em território americano entre refugiados que fogem para a Europa e sugeriu realizar testes de ideologia aos imigrantes que queiram entrar nos EUA como uma ferramenta antiterrorismo.

Segundo a Casa Branca, no total, os EUA preveem receber neste ano fiscal ao menos 85 mil refugiados de todo o mundo, entre eles famílias e indivíduos em situação de vulnerabilidade de Birmânia, República Democrática do Congo, Iraque, Somália e Ucrânia. / REUTERS e EFE

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.