EUA decidem retomar ajuda anual a egípcios

O governo americano deverá retomar a ajuda anual ao Egito - que até o ano passado era de US$ 1,3 bilhão -, tentando manter firmes os laços entre Washington e Cairo. A Casa Branca pretende contornar as limitações impostas pelo Congresso, que condicionam o pagamento da ajuda ao respeito às liberdades por parte do novo governo. As precondições não existiam durante a ditadura de Hosni Mubarak, aliado-chave dos EUA no Oriente Médio. Com isso, o valor do auxílio enviado ao Cairo deverá ser menor.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.