EUA deixarão Iraque administrar petróleo, diz jornal

A autoridade de ocupação no Iraque, liderada pelos EUA, abandonou seus planos para criação de um conselho internacional para administrar a indústria de petróleo do país. Ao invés de responder a um conselho global de diretores, os tecnocratas iraquianos do petróleo irão reportar-se a um Ministro, nomeado pelo novo Conselho de Governo Iraquiano, diz o Los Angeles Times. A decisão foi tomada diante à relutância dos peritos das companhias estrangeiras de petróleo e dos proeminentes expatriados do Iraque de participarem do conselho. O diretor-executivo aposentado da Shell, Philip Carroll, continuará participando como principal assessor do conselho internacional para o Ministério do Petróleo do Iraque, mas não ao estilo corporativo como era previsto, diz o jornal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.