EUA denunciam plano para iniciar guerra civil no Iraque

Uma agente antiamericano em operação no Iraque pediu ajuda à Al-Qaeda para dar início a uma guerra entre os iraquianos sunitas e xiitas, num esforço para expulsar os EUA do país, disse um alto oficial militar americano. Confirmando reportagem de The New York Times, o general Mark Kimmitt disse que as autoridades crêem que um memorando sobre o plano foi escrito por Abu Musab al-Zarqawi, um jordaniano que, suspeita-se, tem laços com a Al-Qaeda.?Acreditamos que a reportagem e o documento têm credibilidade?, disse Kimmitt. ?Levamos a reportagem a sério?. O documento ?trata da uma estratégia de provocar ataques contra líderes xiitas e sunitas... com foco em combates étnicos e sectários para destroçar o país?, disse o porta-voz Dan Senor.O memorando, de 17 páginas, foi confiscado por militares americanos no Iraque, diz a edição desta segunda-feira do Times.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.