EUA designam rede Haqqani como organização terrorista

O governo dos Estados Unidos passou a classificar a partir desta sexta-feira a rede islamita Haqqani, criada no Paquistão mas que também opera no Afeganistão, como uma organização terrorista estrangeira, disseram funcionários do Departamento de Estado. Segundo eles, a secretária de Estado, Hillary Clinton, assinou o documento, que será enviado ao Congresso até o domingo, nesta sexta-feira. O Congresso pressionou Hillary a assinar o relatório até domingo. Segundo funcionários do governo paquistanês, a decisão é politicamente complicada.

AE, Agência Estado

07 de setembro de 2012 | 21h30

Um funcionário graduado da inteligência paquistanesa disse que a decisão da administração Obama poderá atingir as relações entre os EUA e o Paquistão e ter um impacto negativo sobre o processo de paz com o grupo fundamentalista Taleban. Ele falou sob anonimato. Os EUA e o Paquistão divergiram durante anos sobre o papel da rede Haqqani. Washington criticou Islamabad por supostamente dar liberdade de ação à Haqqani na região tribal do Waziristão do Norte, enquanto o governo paquistanês afirma que combate a insurgência islamita e não pode enfrentar a rede Haqqani ao mesmo tempo.

As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.