EUA deslocam tropas de apoio para o Uzbequistão

Os Estados Unidos estão deslocando mil soldados para o Uzbequistão, na maior operação terrestre na região após o ataque terrorista em Nova York e Washington em 11 de setembro, relatou a BBC. A 10ª Divisão de Montanhas de elite deixou a base de Fort Drum, em Nova York, para o Uzbequistão para prover proteção a uma possível operação dos EUA nos países vizinhos ao Afeganistão. Segundo a BBC, as informações são de um oficial que acompanha o Secretário da Defesa dos Estados Unidos, Donald Rumsfeld, na visita ao Uzbequistão, como parte dos esforços dos EUA e da Inglaterra para fortalecer a coalizão internacional contra o terrorismo. O presidente do Uzbequistão, Islam Karimov, disse que concedeu permissão às forças dos EUA para utilização de uma base aérea no país, segundo disseram oficiais dos EUA à agência Associated Press. Em entrevista conjunta com Rumsfeld, Karimov disse que a base aérea pode servir a aviões de transporte norte-americanos, helicópteros e tropas em missões de busca e resgate. Karimov ressaltou, no entanto, que as forças norte-americanas no Uzbequistão não deveriam ser utilizadas para o lançamento de ataques terrestres ou aéreos. Ele disse ainda que soldados de operações especiais dos EUA não serão permitidos no Uzbequistão. "Nós não estamos preparados para isso", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.