EUA deve vender pacote de armas de até US$ 60 bilhões para a Arábia Saudita

Israel não se opôs ao negócio; venda inclui mais de 80 caças F-15

Reuters

20 de outubro de 2010 | 15h25

WASHINGTON - Os EUA poderão fechar um negócio de venda de armas para a Arábia Saudita que deve chegar no valor de US$ 60 bilhões, informou nesta quarta-feira, 20, o Departamento de Estado americano.

 

Andrew Shapiro, secretário de Estado adjunto para assuntos político-militares, disse que o governo americano não recebeu objeções de Israel para a conclusão do negócio. O Estado judeu geralmente se opõe à venda de armas para países árabes próximos.

 

O pacote inclui a compra de 84 novos caças F-15 e equipamentos para implementar outros 70 caças.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAArábia SauditaIsraelarmas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.