EUA divulgam esboço de resolução contra Coreia do Norte na ONU

Os Estados Unidos distribuíram o esboço de uma resolução para o Conselho de Segurança da ONU que condenaria a Coreia do Norte pelo lançamento de um foguete em dezembro e pede o endurecimento das sanções da ONU já existentes, informaram diplomatas na segunda-feira.

LOUIS CHARBONNEAU, Reuters

22 de janeiro de 2013 | 09h22

O texto foi resultado de um acordo entre os EUA e a China, disseram os enviados, em condição de anonimato. Apesar de o esboço não pedir novas sanções contra o governo norte-coreano, diplomatas afirmaram que o apoio da China para a resolução representava um forte golpe diplomático a Pyongyang.

"Esperamos fazer uma votação no meio da semana", contou um diplomata à Reuters em condição de anonimato.

A China disse anteriormente, na segunda-feira, que o Conselho de Segurança precisava aprovar uma resolução cautelosa sobre a Coreia do Norte, acrescentando que seria a melhor forma de assegurar que as tensões na região não sofressem uma escalada.

O embaixador da Rússia para a ONU, Vitaly Churkin, expressou o apoio do governo russo ao esboço da resolução na semana passada.

"Eu acredito que iremos apoiá-la", disse Churkin, segundo a agência de notícias estatal RIA Novosti. "Eu não espero que os membros do Conselho de Segurança da ONU tenham sérios problemas (com a resolução)", disse.

"Nossa posição é de que o lançamento do foguete norte-coreano é uma violação de uma resolução do Conselho de Segurança da ONU, então o Conselho deve reagir", afirmou o diplomata russo.

O esboço, que foi enviado aos 15 membros do Conselho, pede a sanção a uma série de entidades norte-coreanas adicionais, incluindo a agência espacial do Estado, disseram os diplomatas, sob anonimato.

Tudo o que sabemos sobre:
ONURESOLUCAOSANCAOCOREIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.