EUA diz que matou dirigentes da Al Qaeda e do taleban

Outros dois supostos talebans foram detidos durante a operação na província de Ghazni

EFE

11 de outubro de 2008 | 05h08

As forças da coalizão liderada pelos Estados Unidos asseguraram neste sábado que mataram um comandante da Al Qaeda e outro da insurgência taleban durante uma operação militar na província sudeste afegã de Ghazni. Segundo um comunicado divulgado pelo comando militar americano, que não informou a identidade dos fundamentalistas, a operação tinha como alvo "redes terroristas" em Ghazni, e durante seu transcurso morreram outros dois talebans. Os dois dirigentes eram procurados por fornecer armas aos insurgentes e atrair para solo afegão combatentes estrangeiros, segundo a nota, que acrescenta que ambos coordenaram atividades "terroristas" contra aldeões e tropas internacionais e afegãs. Outros dois supostos talebans foram detidos durante a operação, segundo o comunicado.

Tudo o que sabemos sobre:
AFEGANISTÃOEUATALEBAN

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.