EUA e Afeganistão concluem esboço de acordo

O Afeganistão e os Estados Unidos finalizaram, neste domingo, o esboço para o acordo sobre parceria estratégica, delineando o comprometimento dos EUA depois da saída de grande parte de suas forças, em 2014.

AE, Agência Estado

22 de abril de 2012 | 15h05

O rascunho esboçado pelos oficiais deve permitir que os presidentes Barack Obama e Hamid Karzai coloquem suas assinaturas no documento antes da reunião da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) no próximo mês, em Chicago.

A parceria garante que os EUA continuem dando suporte ao Afeganistão mesmo depois do encerramento das operações de combate e de projetos de desenvolvimento, que ocorrerá em dois anos.

"O documento finalizado fornece fortes bases para a segurança no Afeganistão", disse Rangin Dafdar Spanta, conselheiro de segurança de Karzai, que conduziu as negociações do lado afegão.

O plano apresenta comprometimento dos EUA com mais de uma década de suporte financeiro e econômico para o Afeganistão.

Os EUA concordaram em passar o controle das prisões para o governo do Afeganistão e submeter ataques aéreos noturnos à aprovação do país.

"Nosso objetivo na parceria com o Afeganistão é fortalecer a soberania, estabilidade e prosperidade do país, e isso contribui para nosso objetivo compartilhado de derrotar a Al Qaeda", disse Gavin Sundwall, porta-voz para a embaixada dos EUA em Cabul. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAAfeganistãoacordo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.