EUA e Alemanha discutirão espionagem da NSA

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, concordaram nesta quarta-feira em promover uma reunião bilateral da alto nível para discutir, dentro de alguns dias, as atividades de espionagem da Agência de Segurança Nacional dos EUA.

AE, Agência Estado

03 de julho de 2013 | 21h17

Obama e Merkel conversaram por telefone nesta quarta-feira.

Segundo a Casa Branca, os dois falaram sobre os recentes relatos de que a NSA teria grampeado os escritórios da União Europeia (UE) em Washington, Nova York e Bruxelas.

A revelação foi atribuída em parte às informações fornecidas pelo ex-agente norte-americano Edward Snowden, foragido depois de ter revelado o funcionamento de pelos menos dois programas ultrassecretos de espionagem eletrônica promovidos pelos EUA.

Na semana passada, Obama desconsiderou objeções de importantes aliados sobre o assunto ao dar a entender que o uso de grampos por governos não é uma atividade incomum. Fonte: Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.