EUA e Austrália assinam acordo de livre comércio

Os Estados Unidos e a Austrália assinaram hoje um acordo de livre comércio que prevê a eliminação imediata de tarifas em praticamente todos os produtos manufaturados que os EUA exportam para a Austrália e vice-versa. O representante do Comércio dos EUA, Robert Zoellick, descreveuo acordo, que ainda precisa ser aprovado pelo Congresso, como "a mais significativa redução imediata de tarifas do setor industrial já obtida em um acordo de livre comércio assinado pelo país."A Austrália, 13.º maior mercado para as exportações americanas compra mais mercadorias dos EUA do que de qualquer outro país. A corrente de comércio entre os dois países totalizou US$ 28bilhões em 2002, com um superávit de US$ 9 bilhões para os americanos.Os dois países também fizeram grandes concessões na área agrícola, abrindo inclusive os mercados decarne e laticínio. No entanto, o açúcar, um dos principais produtos da pauta de exportação australiana, ficou de fora do acordo. "Todas as exportações agrícolas dos EUA para a Austrália em um total de mais de US$ 400 milhões, terão acesso livre de tarifas automaticamente", informa o comunicado. Os países também se comprometeram a abrir totalmente suas respectivas áreas de compras governamentais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.