AFP PHOTO / GREG BAKER
AFP PHOTO / GREG BAKER

EUA e Coreia do Norte parabenizam presidente da China por novo governo

Donald Trump telefonou para Xi Jinping, o felicitou por sua 'elevação extraordinária' e discutiu questões sobre Coreia do Norte e comércio; Kim Jong-un enviou rara mensagem ao parceiro asiático desejando 'grande sucesso' em suas tarefas futuras 

O Estado de S.Paulo

26 Outubro 2017 | 12h07

WASHINGTON - Os presidentes dos Estados Unidos, Donald Trump, e da Coreia do Norte, Kim Jong-un, felicitaram o colega chinês, Xi Jinping, pela nova formação da liderança da China revelada no Congresso do Partido Comunista, em Pequim, na quarta-feira.

Análise: as chinesas ficam de lado no show de Xi

“Falei com o presidente Xi, da China, para parabenizá-lo por sua elevação extraordinária. Também discuti Coreia do Norte e comércio, dois assuntos muito importantes”, escreveu Trump, em sua conta no Twitter.

"Melania e eu estamos ansiosos para estar com o presidente Xi e a senhora Peng Liyuan na China dentro de duas semanas, numa visita que esperamos que seja histórica! ", acrescentou.

Xi disse a Trump que a China irá “seguir firmemente o caminho do desenvolvimento pacífico” e promover “coordenação e cooperação entre grandes potências mundiais”, relatou a agência de notícias oficial chinesa Xinhua.

Trump deve se reunir com o poderoso líder asiático durante sua visita de estado à China no início do próximo mês, como parte de sua viagem à Ásia, na qual também visitará Japão, Coreia do Sul, Vietnã e Filipinas. 

Um alto conselheiro de Trump disse que "o presidente tem uma ótima relação de trabalho com Xi e quer continuar promovendo (...) uma relação construtiva e orientada a obtenção de resultados". "O 19º Congresso do Partido (Comunista) é uma oportunidade para conseguirmos algumas coisas nesta relação visando estar em uma boa posição para o futuro", acrescentou o conselheiro.

Aliado

Já o líder norte-coreano, que tem em Pequim seu principal aliado econômico e político, enviou uma rara mensagem de parabéns, desejando ao líder chinês “grande sucesso” em suas tarefas futuras como chefe da nação, informou a mídia estatal da Coreia do Norte.

O gesto amigável por parte de Kim, que raramente emite mensagens pessoais, foi enviado após o fim do Congresso do Partido Comunista da China. A mensagem vem em um momento em que a China está sendo pressionada pela comunidade internacional a fazer mais para controlar os testes de míssil e nuclear da Coreia do Norte, que têm elevado tensões globalmente.

“Expressou a convicção de que as relações entre as duas partes e os dois países se desenvolverá no interesse dos povos dos dois países”, disse a agência de notícias estatal norte-coreana em comunicado nesta quinta-feira, citando a mensagem enviada por Kim a Xi.

O Congresso comunista inscreveu a doutrina de Xi na constituição do partido, colocando-o no mesmo nível do líder histórico Mao Tsé-tung. Xi alimenta especulações sobre o tempo que permanecerá no cargo, ao não se referir a um possível sucessor ao final de mais um mandato de cinco anos. / REUTERS, EFE e AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.