EUA e Filipinas investigam hotel em Manila

Os governos dos Estados Unidos e das Filipinas invadiram um hotel em Manila em ligação com os ataques terroristas em Nova York e Washington, disse a presidente Glorya Macapagal Arroyo.Durante coletiva de imprensa em Tóquio, Arroyo afirmou que a "ação conjunta" foi conduzida no Hotel Bayview, que fica próximo da Embaixada dos Estados Unidos em Manila.Em 1995, um suspeito do atentado à bomba ao World Trade center realizado em 1993, foi preso no Hotel Bayview. Arroyo explicou que evidências sobre o caso foram entregues para os Estados Unidos. A presidente filipina, porém, não especificou quais as ligações entre o hotel filipino e o atentado terrorista em solo americano.Um relatório do Serviço de Pesquisas do Congresso dos Estados Unidos, publicado um dia antes do atentado, indicou as Filipinas como um dos 34 países onde seguidores do dissidente saudita Osama bin Laden manteriam bases. Bin Laden é o principal suspeito dos atentados de terça-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.