EUA e Israel falam em 'progresso' sobre assentamentos

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, e o enviado especial dos Estados Unidos ao Oriente Médio, George Mitchell, afirmaram hoje terem conseguido avançar nas discussões em torno das construções em assentamentos judaicos na Cisjordânia. Eles falaram em "progresso" depois de encontro, mas não ofereceram detalhes de quão próximos teriam ficado de acabar com a divergência em relação ao assunto.

AE-AP, Agencia Estado

28 de julho de 2009 | 11h14

Mitchell tem pressionado Israel a suspender as obras em todas as colônias judaicas construídas nos territórios palestinos ocupados, defendendo que tal medida seria positiva para as perspectivas de paz na região. Netanyahu, no entanto, insiste em que algumas obras sejam permitidas para atender ao "crescimento natural" da população das colônias judaicas. As obras israelenses em assentamentos judaicos provocam o mais grave momento de tensão entre Washington e Tel-Aviv em quase duas décadas.

Tudo o que sabemos sobre:
IsraelEUAassentamentos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.