EUA e Israel pedem esforço constante para conter Irã

Países reafirmaram compromisso para trabalhar na melhoria da segurança e a estabilidade regional

Efe

19 de outubro de 2010 | 05h20

WASHINGTON - Estados Unidos e Israel se apresentaram na segunda-feira, 18,uma frente comum contra o Irã, ao ressaltar que a República Islâmica representa um dos maiores desafios para o Oriente Médio e pedir aos demais países um esforço constante para conter o programa nuclear de Teerã.

O subsecretário de Estado americano, James Steinberg, e seu colega, o número dois do Ministério de Exteriores israelense, Daniel Ayalon, se reuniram nesta segunda-feira em Washington durante o Diálogo Estratégico entre os dois países, realizado a cada seis meses.

As delegações de ambos os países discutiram vários dos assuntos que concernem à segurança e à aliança entre EUA e Israel, como o processo de paz entre israelenses e palestinos e o programa nuclear iraniano, indicou o Departamento de Estado.

Em comunicado conjunto, Estados Unidos e Israel reafirmaram seu compromisso de trabalhar juntos para melhorar a segurança e a estabilidade regional.

As conversas de hoje permitiram identificar vias para fortalecer a cooperação entre os dois países nesta matéria "em benefício de todos na região", assinalaram.

Reiteraram também seu compromisso de perseguir "uma paz duradoura entre israelnses e palestinos e entre Israel e todos seus vizinhos". O próximo diálogo será realizado no primeiro semestre de 2011.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.