EUA e Japão avançam em negociações sobre parceria

Os diplomatas dos Estados Unidos e o Japão encerraram as negociações sem chegar a um consenso sobre a Parceira Transpacífico, levantando dúvidas sobre a possibilidade de que o acordo seja finalizado antes da visita do presidente dos EUA, Barack Obama, ao território japonês dentro de duas semanas.

AE, Agência Estado

10 de abril de 2014 | 18h33

Funcionários dos dois governos haviam sinalizado que esperavam um avanço antes da chegada de Obama ao Japão, em 24 de abril. Os dois países querem usar a cúpula para mostrar que a aliança continua forte, especialmente após a crise diplomática envolvendo a China e o governo japonês. O pacto de comércio é visto como o item mais concreto na agenda desse encontro.

"Nós fizemos alguns progressos nos últimos dias, mas ainda há diferenças consideráveis em nossas posições sobre questões-chave", disse o representante comercial dos EUA, Michael Froman, aos jornalistas.

A Parceira Transpacífico é um elemento-chave da política externa de Obama na Ásia e da estratégia de crescimento econômico do premiê japonês, Shinzo Abe. O objetivo é eliminar as barreiras comerciais entre 12 países que, juntos, representam cerca de 40% da produção global e 30% do comércio.

Além disso, caso as nações cheguem a um acordo, aumentaria também a influência norte-americana na região à medida que a China, que não foi convidada a integrar o grupo, também busca expandir seus domínios.

Ainda assim, os pontos de atrito permanecem nas negociações entre os EUA e o Japão, incluindo o acesso aos mercados agrícolas japoneses e o setor automotivo norte-americano. Fonte: Dow Jones Newswires.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.