EUA e Peru vão investigar acidente

A Força Aérea do Peru anunciou que fechou um acordo com a embaixada dos Estados Unidos em Lima para realizar uma investigação conjunta sobre as causas do acidente com um avião de combate e um avião que transportava missionários americanos. O acidente aconteceu na última sexta-feira. Um caça peruano abateu o Cessna ao confundi-lo com um avião de narcotraficantes, matando a americana Veronica Bowers e sua filha Charity, de 7 meses.A delegação norte-americana e a força aérea peruana fecharam o acordo ontem à noite. Segundo as autoridades peruanas, o acordo estabelece também a suspensão temporária das operações de intercepção na área até o fim das investigações. Leia Também:Peru não identificou avião, acusam EUA

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.