EUA e Rússia iniciam acordo de redução nuclear

Espera-se que os presidentes dos EUA, Barack Obama, e da Rússia, Dmitri Medvedev, assinem hoje em Moscou um acordo que firmará as bases de um tratado de redução de ogivas nucleares. Obama chega hoje à Rússia e como afirmou ontem Gary Samore, coordenador da Casa Branca para assuntos de armas de destruição em massa, é possível que haja "um anúncio" sobre um tratado de redução nuclear, que seria concluído até o fim do ano em substituição ao atual Start, de 1991, marcado para expirar em dezembro.Por enquanto, o maior empecilho parece estar no escudo de defesa antimísseis que os EUA querem instalar no Leste Europeu e a Rússia considera uma ameaça. Mas Samore destacou que Obama tem "interesse pessoal" em levar adiante o tratado.Durante o encontro, os presidentes ainda discutirão sobre o programa nuclear da Coreia do Norte e a situação no Irã e Paquistão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.