EUA e Rússia mantêm pacto de controle de armas

Os Estados Unidos e a Rússia concordaram em manter as provisões de um tratado sobre o controle de armas horas antes de o pacto expirar depois de vigorar por 18 anos. Numa declaração conjunta, os presidentes da Rússia, Dimitri Medvedev, e dos Estados Unidos, Barack Obama, disseram que os dois lados se comprometeram em trabalhar juntos "no espírito" do Tratado Estratégico de Redução de Armas, conhecido pelas iniciais em inglês Start, de 1991.

AE-AP, Agencia Estado

05 de dezembro de 2009 | 21h03

Negociadores americanos e russos continuam trabalhando intensivamente para alcançar um acordo capaz de suceder o tratado, que expirou à meia-noite de sexta-feira. No comunicado, EUA e Rússia se comprometem a colocar em vigor um novo acordo no prazo mais breve possível. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EUARússiaarmas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.