EUA: Economistas preveem crescimento de 3% no 2ºtri

O inverno rigoroso dos EUA atrasou - mas não prejudicou - o crescimento mais forte que muitos economistas esperavam para o país este ano. Segundo a última pesquisa mensal do Wall Street Journal com economistas, o Produto Interno Bruto (PIB) do segundo trimestre registrará crescimento 0,5 porcentual maior em meio aos gastos de consumidores e empresas que foram adiados devido ao frio.

AE, Agência Estado

10 de abril de 2014 | 17h53

Se as previsões se confirmarem, a economia americana dará um salto significativo após um crescimento médio anual de menos de 2,5% na recuperação que já dura quase cinco anos.

Devido ao inverno, os 48 economistas consultados preveem que o crescimento do PIB desacelerou para 1,5% no primeiro trimestre, mas subirá para 3,0% no atual trimestre.

Os economistas continuam a acreditar que, se errarem, será devido a uma perspectiva muito cautelosa. Três quartos dos entrevistados afirmaram que o risco para suas previsões de 2014 são de elas estarem aquém da realidade, e não além.

Com a economia aquecendo, os economistas acreditam que o Fed manterá seu ritmo de redução de estímulos e encerrará as compras de bônus em algum momento do quarto trimestre. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Euapibcrescimentoinverno

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.