EUA "economizam" recompensa por Saddam

Os US$ 25 milhões oferecidos por informação que conduzisse à captura de Saddam Hussein não serão pagos, segundo a rede de TV CNN. A emissora informou que, ao contrário do que ocorreu em julho, no cerco e morte dos filhos de Saddam - pelos quais foram pagos US$ 30 milhões -, neste caso a pista não foi obtida de modo espontâneo, nem de uma única pessoa. A informação original, obtida em depoimento de um líder iraquiano preso, levou a uma outra fonte, que, por fim, forneceu os dados que permitiram a prisão. "Economizamos US$ 25 milhões dos contribuintes", disse um alto funcionário americano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.