EUA enfrenta militantes xiitas em Bagdá

As forças militares norte-americanas enfrentaram militantes fiéis ao líder religioso xiita Muqtada al-Sadr em Bagdá, nesta terça-feira.Segundo autoridades iraquianas, pelo menos 33 pessoas morreram e 193 ficaram feridas no combate. O capitão do exército dos Estados Unidos Brian O´Malley disse que muitos soldados americanos sofreram ferimentos, sem divulgar mais detalhes sobre o assunto. O conflito começou quando os rebeldes xiitas atacaram oficiais norte-americanos durante patrulhas de rotina, disse O´Malley. Moradores do bairro que foi cenário para a batalha disseram que explosões e tiros puderam ser ouvidos na noite anterior. O confronto aconteceu depois de um período de calmaria, após al-Sadr ter pedido para seus seguidores para pararem de entrar em conflitos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.