EUA: Entrada de ilegais na fronteira do México cai 40%

O secretário de Segurança Interna dos Estados Unidos, Michael Chertoff, disse que a presença da Guarda Nacional americana na fronteira do país com o México levou a uma queda de mais de 40% no número de imigrantes ilegais cruzando a fronteira para o território americano.Chertoff fez essa declaração durante visita à cidade fronteiriça de Nogales, no Estado americano do Arizona.Segundo ele, o envio de cerca de 6 mil soldados ao longo de 3 mil quilômetros de fronteira liberou agentes de patrulha da fronteira para se concentrarem mais em seu trabalho.O presidente americano, George W. Bush, ordenou o envio das tropas em maio como parte de seu plano para lidar com imigração ilegal.O governo do México e grupos de defesa dos direitos de imigrantes criticaram a medida, dizendo se tratar de uma militarização desnecessária da fronteira.No ano passado, a patrulha de fronteira deteve mais de um milhão de pessoas provenientes do México que tentavam cruzar a fronteira com os Estados Unidos ilegalmente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.