EUA enviam 4 presos ao Iraque

Funcionários do governo iraquiano e do Comitê Internacional da Cruz Vermelha, que pediram para não ser identificados, informaram ontem que quatro iraquianos detidos na prisão militar americana de Guantánamo, Cuba, foram enviados de volta ao Iraque no dia 18. "Estamos interrogando quatro iraquianos que estão agora sob nossa custódia", disse uma das fontes iraquianas, que não identificou os prisioneiros. Mas Neda Abdul-Hadi, uma mulher xiita de Basra, afirmou que um deles seria seu irmão, Hassan Abdul-Hadi al-Jawhar, que desapareceu em 1999 quando servia o Exército, ainda sob o regime de Saddam Hussein. A família ficou cinco anos sem notícias de Jawhar, até chegar uma carta dele, em 2004, contando que estava preso em Guantánamo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.