Igreja Internacional da Restauração/AP
Igreja Internacional da Restauração/AP

EUA enviam especialistas para apurar acidente que matou família brasileira

Engavetamento que deixou dez mortos foi causado pela má visibilidade em estrada da Flórida

BBC

31 de janeiro de 2012 | 10h36

MIAMI - Investigadores americanos foram enviados à Flórida para apurar as circunstâncias de um grave acidente rodoviário que deixou ao menos dez mortos, entre eles cinco pessoas que, segundo a polícia e testemunhas, seriam de uma mesma família de brasileiros.

 

Veja também:

linkCinco brasileiros morrem em acidente nos EUA

O engavetamento, que também deixou 75 pessoas feridas, ocorreu na madrugada do domingo, num momento em que a estrada interestadual I-75, próxima à cidade de Gainesville, apresentava má visibilidade por conta de um nevoeiro e da fumaça de um incêndio.

Até segunda-feira, o Consulado do Brasil em Miami tinha a confirmação oficial de dois brasileiros mortos no acidente. Mas a polícia rodoviária local confirmou à agência Associated Press que outras três pessoas da mesma família brasileira perderam a vida no acidente.

 

Os nomes das vítimas divulgados até agora são Edson José do Carmo, o pastor José Carmo Jr, Adriana Carmo e Letícia Carmo, todos aparentemente integrantes da Igreja Internacional da Restauração, localizada em Atlanta (Estado da Geórgia), segundo informações do consulado e da AP. Eles estariam voltando para Atlanta após participar de uma convenção religiosa na Flórida.

Destroços do acidente se espalharam por cerca de 1,6 km da rodovia. Agora, com mais visibilidade, a via foi reaberta, e peritos da Comissão Nacional de Segurança no Transporte foram enviados ao local. "Investigamos diversos engavetamentos e queremos saber se podemos tirar alguma lição destes acidentes em particular", disse o porta-voz da comissão, Peter Knudson.

'Loucura'

 

Mais de dez carros e seis trailers e caminhões se envolveram na tragédia. Alguns se incendiaram após os choques. Steven Camps, uma testemunha, disse à AP que, em meio à escuridão, "dava para ouvir o barulho dos carros batendo e pessoas chorando e gritando. Foi uma loucura".

Antes do acidente, a rodovia havia sido interditada por conta da névoa. A decisão de reabri-la para o tráfego também deve ser apurada pelos investigadores. Além disso, o incêndio próximo à via também será apurado, diante de suspeitas de que ele possa ter sido criminoso.

 

BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAflóridaacidenteengavetamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.