EUA enviará militares para treinar tropas na África

O Exército dos Estados Unidos começará a enviar pequenas equipes para cerca de 35 países africanos no início do ano que vem, como parte dos esforços do Pentágono para treinar países a batalharem extremistas. A equipe se limitará a treinar tropas e não será autorizada a conduzir operações militares sem autorização da secretaria de Defesa.

AE, Agência Estado

24 de dezembro de 2012 | 13h53

O foco na África se dá após uma onda de violência no norte do continente e em meio às discussões de diversos países sobre uma intervenção militar em Mali.

As ameaças de terror de grupos ligados à Al-Qaeda têm sido crescentes na África, com destaque para o grupo extremista Boko Haram na Nigéria. As autoridades acreditam que o ataque de 11 de setembro ao consulado norte-americano em Benghazi, que matou o embaixador e outros três norte-americanos, pode ter sido executado por um grupo com ligação à Al-Qaeda.

As equipes enviadas pelos Estados Unidos vão mirar países como Líbia, Sudão, Algéria, Nigéria, Quênia e Uganda, onde grupos extremistas estão ativos. As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
EUAÁfricaexército

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.