EUA enviarão comitiva à Coréia do Norte

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, aprovou a viagem de um enviado especial à Coréia do Norte para retomar conversações sobre segurança pela primeira vez em quase dois anos, anunciou nesta quarta-feira a Casa Branca.Bush notificou o presidente da Coréia do Sul, Kim Dae-jung, sobre a decisão, informou o porta-voz da Casa Branca Ari Fleischer. "Ambos os líderes concordaram em que um verdadeiro progresso (nas relações) com a Coréia do Norte depende de uma resolução completa sobre os temas de segurança na Península Coreana, incluindo a intenção (do Norte) de desenvolver armas de destruição em massa", disse Fleischer.O anúncio foi feito após duas rodadas de negociações entre EUA e Coréia do Norte realizadas no início desta semana. Um funcionário do governo que pediu para não ser identificado disse que o subsecretário de Estado James Kelly encabeçará a comitiva. Kelly deveria viajar para a Coréia do Norte em julho, mas a visita foi adiada devido a um confronto em alto mar entre as forças navais das duas Coréias, em 19 de junho. O secretário de Estado norte-americano, Colin Powell, conversou com o ministro de Relações Exteriores norte-coreano, Paek Nam-sun, durante uma cúpula de países da Ásia e do Pacífico em Brunei em julho passado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.