EUA espalham agentes para matar líderes iraquianos

Unidades especiais americanas estão espalhadas em vários pontos do Iraque com a missão deassassinar dirigentes ligados a Saddam Hussein, líderes do Partido Baath e chefes da Guarda Republicana, informou hoje o jornal The Washington Post.Citando fontes oficiais, o jornal disse que estas unidades especiais da CIA e do grupo de operações especiais do Exército atuam há uma semana no Iraque e já mataram "um punhado" de dirigentes iraquianos.As unidades são integradas principalmente porfranco-atiradores e peritos em explosivos, que desenvolveram intensa atividade desde que as tropas dos EUA avançaram em território iraquiano. Segundo as fontes, o objetivo da operaçãoé "decapitar" o regime de Saddam e acelerar o desmoronamento do regime.As unidades também estariam organizando um levante deopositores a Saddam. É a primeira vez desde o fim dos anos 70 - quando o presidente Gerald Ford proibiu os "assassinatos seletivos" - que a CIA tem autorização para realizar esse tipode ação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.