EUA: Especialistas começam a apurar colisão de trens

Especialistas começaram a investigar o que teria causado a colisão de dois trens no Estado norte-americano de Connecticut no início da noite de sexta-feira (17). O acidente deixou cerca de 70 feridos - três permaneciam em estado grave na manhã deste sábado (18).

AE-AP, Agência Estado

18 de maio de 2013 | 14h21

A batida envolveu um trem que saía de New Haven com destino a Nova York. O comboio descarrilou e atingiu um trem que vinha no sentido contrário nos arredores de Fairfield. Equipes de resgate foram enviadas ao local imediatamente após o acidente, ocorrido pouco depois das 18h locais nas proximidades de Fairfield.

Aproximadamente 700 pessoas estavam nos dois trens. Pelo menos 70 passageiros foram atendidos em hospitais próximos em decorrência do acidente, informaram autoridades locais. O oficial de polícia Matt Panilaitis, disse que não houve nenhuma morte.

Uma equipe do Departamento Nacional de Segurança dos Transportes foi enviada na manhã deste sábado para o local a fim de investigar a colisão. Autoridades devem passar novas informações sobre a batida mais tarde.

O serviço ferroviário entre Nova York e Boston ficará suspenso por tempo indeterminado.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAacidenteinvestigação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.