EUA esperam resposta do Irã

Os Estados Unidos duvidam que o governo do Irã possa responder agora a sua oferta de diálogo por causa da grande tensão que vive o país desde que parte da população passou a contestar o resultado da eleição presidencial do mês passado, afirmou ontem a secretária de Estado americana, Hillary Clinton, à BBC."Ainda vamos deixar as portas abertas, mas o relógio segue correndo", afirmou Hillary, ao enfatizar que a "janela de oportunidade" não permanecerá aberta por tempo ilimitado. Segundo Hillary, os EUA querem uma discussão séria com Teerã sobre as intenções de seu programa nuclear. "Estendemos a mão sem rodeios, fomos muitos claros que é isso que desejamos fazer, inclusive agora, apesar de condenarmos o que foi feito nas eleições e depois", disse a chefe da diplomacia americana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.