EUA estão dispostos a conversar com o Irã sobre Iraque

A Casa Branca informou nesta quinta-feira que os Estados Unidos poderão reabrir o diálogo com o Irã sobre assuntos relacionados ao Iraque, mas advertiu que não negociará com Teerã a respeito do programa nuclear iraniano. O porta-voz da Casa Branca, Scott McClellan, disse que o embaixador americano no Iraque, Zalmay Khalilzad, está autorizado a conversar com seu colega iraniano sobre o Iraque assim como os Estados Unidos fizeram com assuntos relacionados ao Afeganistão. As declarações são uma resposta à proposta do negociador nuclear iraniano, Ali Larijani, que disse que o Irã concorda em conversar com EUA "para solucionar a questão iraquiana e ajudar a estabelecer um governo independente e livre no Iraque". "Mas esta é uma autorização bastante estreita, relacionada especificamente à questão iraquiana", ressaltou McClellan. Em seguida, o porta-voz do governo americano insistiu que as preocupações dos Estados Unidos sobre a suspeita de que Teerã planeja produzir armamento nuclear estão sendo discutidas nas Nações Unidas. "Este é um assunto aparte", concluiu McClellan. Altos funcionários do governo americano ampliaram nas últimas semanas suas críticas de que o governo iraniano estaria se intrometendo em assuntos iraquianos e enviando armas e pessoal para ajudar os insurgentes que combatem a coalização liderada pelos EUA no país.

Agencia Estado,

16 Março 2006 | 12h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.