REUTERS/Kevin Lamarque
REUTERS/Kevin Lamarque

EUA estão em alerta e com fronteiras mais fortes do que nunca, diz Trump

Segundo presidente, Departamento de Segurança Nacional e as forças de segurança estão em alerta e vigiando qualquer sinal de problema após ataque em Barcelona

O Estado de S.Paulo

18 Agosto 2017 | 12h31

WASHINGTON  - O presidente americano, Donald Trump, disse nesta sexta-feira, 18, que as fronteiras do país estão mais fortes do que nunca e destacou que o Departamento de Segurança Nacional está em alerta após os atentados da Espanha que deixaram pelo menos 14 mortos e mais de cem feridos.

Trump acrescentou que o Departamento de Segurança Nacional e as forças de segurança estão em alerta e vigiando qualquer sinal de problema. Trata-se da terceira mensagem de Trump após os atentados de Barcelona e Cambrils.

Em um primeiro momento, o presidente expressou sua condenação ao ocorrido em Barcelona, quando uma van atropelou vários pedestres em Las Ramblas, e pediu aos espanhóis que sejam "duros e fortes" na luta contra o terrorismo.

As autoridades detiveram quatro pessoas e mataram em Cambrils cinco supostos terroristas, enquanto o suposto motorista da van está sendo procurado. O Estado Islâmico, através da sua agência Amaq, reivindicou a autoria dos ataques.

Posteriormente, em uma segunda mensagem, Trump usou por um tom mais beligerante ao citar como exemplo de luta contra o terrorismo radical islâmico uma história do general John J. Pershing, que supostamente molhou de sangue de porco as balas antes de executar insurgentes muçulmanos na Filipinas há mais de um século. / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.