Jim Lo Scalzo/Efe
Jim Lo Scalzo/Efe

EUA estão 'indignados' com ataque sírio à Turquia, diz Hillary

Cinco pessoas de uma mesma família morreram em um bairro residencial na Turquia; Ancara respondeu com ataque

AE, Agência Estado

03 de outubro de 2012 | 16h26

WASHINGTON - A administração Obama se disse "indignada" com o disparo de um morteiro da Síria contra território da Turquia, matando pelo menos cinco pessoas.

 

Veja também:

linkMorteiro da Síria mata cinco pessoas de uma família na Turquia

 

A secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, disse que os Estados Unidos estão consultando seus aliados na Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), a respeito do que ela disse ser "uma situação muito perigosa". Hillary planeja conversar com o chanceler turco Ahmet Davutoglu mais tarde nesta quarta-feira.

 

Entre os mortos na Turquia estava uma mulher e quatro crianças de uma mesma família. Uma das crianças era um menino de seis anos. A mídia estatal turca reportou que vários moradores fizeram uma marcha em protesto até a Prefeitura de Akcakele, reclamando contra o ataque sírio. A cidade fica na fronteira com a Síria.

 

Ao falar em Washington, Hillary disse que os governantes da Síria estão causando sofrimentos inenarráveis ao próprio povo, apenas por causa da ambição pelo poder. Segundo ela, os países do mundo precisam pressionar o governo sírio a um cessar-fogo com os insurgentes e a uma transição política.

 

As informações são da Associated Press

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.