AFP PHOTO / IRIB TV
AFP PHOTO / IRIB TV

EUA estão 'mais sozinhos do que nunca contra o povo iraniano', diz Rohani 

Segundo líder iraniano, Trump 'não leu' o direito internacional e 'não sabe que esse não é um acordo bilateral' entre Washington e Teerã

O Estado de S.Paulo

13 Outubro 2017 | 17h00

TEERÃ - O discurso do presidente americano, Donald Trump, no qual ele apresentou uma estratégia agressiva com relação ao Irã, mostrou que "está mais sozinho do que nunca contra o povo iraniano", disse nesta sexta-feira, 13, o presidente da república islâmica, Hassan Rohani.

+ Artigo: Mundo não deve ter um Irã nuclear, cumpra-se o acordo

"Os Estados Unidos estão mais sozinhos do que nunca contra o acordo nuclear e mais do que nunca em seus complôs contra o povo iraniano", disse em pronunciamento transmitido pela televisão, logo após ao discurso de Trump.

"As declarações (de Trump) são um conjunto de insultos e acusações sem fundamento", acrescentou o líder iraniano.

O presidente americano "não leu o direito internacional", acrescentou. "Pode um presidente sozinho anular um acordo multilateral e internacional? Aparentemente, não sabe que esse não é um acordo bilateral entre o Irã e os Estados Unidos".

"O acordo nuclear não é modificável, não se pode acrescentar a ele nenhum artigo, nenhuma nota", afirmou Rohani.

"Enquanto responder aos nossos interesses, permaneceremos no acordo nuclear e cooperaremos com a AIEA (Agência Internacional de Energia Atômica)", acrescentou.

"Mas se um dia nossos interesses não forem satisfeitos, não duvidaremos nenhum único segundo e reagiremos", advertiu.

“A nação iraniana nunca se curvará sob nenhuma pressão estrangeira ... O Irã e o acordo estão mais fortes do que nunca ... A Guarda Revolucionária Islâmica do Irã continuará sua luta contra terroristas regionais”, disse Rohani. / AFP e REUTERS 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.