EUA estão perto de votar sanções contra o Irã na ONU

Os EUA e seus aliados estão perto de votar as sanções do Conselho de Segurança contra o Irã, mesmo com o risco da Rússia e China se absterem ou se oporem às medidas. Segundo uma autoridade norte-americana, "eles estão falando sobre o voto o mais breve possível", referindo aos norte-americanos, franceses e britânicos.A autoridade e outros diplomatas e representantes do governos ocidentais falaram a Associated Press nas condições de anonimato, porque eles não estavam autorizados a divulgar as estratégias no Irã. A decisão de pôr em risco um veto russo e chinês seria significativa, porque iria refletir reconhecimento formal pelos cinco membros permanentes de que nem todos concordam de que o Teerã estaria desenvolvendo armas nucleares. Em uma oferta vencida pela Rússia e com o apoio da China, França e Grã-Bretanha - os dois membros permanentes da Europa - divulgaram uma resolução revisada das Nações Unidas na sexta-feira. A nova resolução ainda baniria os suplementos de materiais e tecnologias que poderiam contribuir com o programa nuclear e programas de mísseis do Irã. No entanto, não há especificações sobre quais seriam os itens proibidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.