EUA expulsam dois diplomatas venezuelanos em retaliação

Fontes no governo norte-americano disseram que os homens já deixaram o país mas não explicaram motivo da expulsão

AE, Agência Estado

11 de março de 2013 | 13h01

WASHINGTON - O governo dos Estados Unidos anunciou nesta segunda-feira, 11, a expulsão de dois diplomatas venezuelanos credenciados no país. A medida é uma retaliação à expulsão, na semana passada, de dois adidos militares norte-americanos lotados na Embaixada dos EUA em Caracas.

Fontes no governo norte-americano identificaram os venezuelanos expulsos como Orlando José Montañez Olivares e Victor Camacaro Mata. Os dois foram informados sobre a expulsão no fim de semana e deixaram os EUA no domingo, disseram as fontes, sem fornecer mais detalhes.

As rusgas diplomáticas entre Washington e Caracas voltaram a ganhar corpo na semana passada, quando, além de expulsar os adidos norte-americanos, o governo venezuelano acusou os EUA de envolvimento no câncer que levou à morte do presidente Hugo Chávez.

As informações são da Associated Press

Tudo o que sabemos sobre:
EUAVenezueladiplomacia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.