EUA expulsam dois diplomatas venezuelanos

O governo americano expulsou ontem dois diplomatas da Embaixada da Venezuela em reciprocidade à decisão de Caracas de banir dois adidos da Força Aérea dos Estados Unidos. Parceiros comerciais no setor petroleiro, em especial, Washington e Caracas não têm embaixadores desde 2008. As relações foram desgastadas por anos de ataques mútuos.

O Estado de S.Paulo

12 de março de 2013 | 02h05

No dia do anúncio da morte de Chávez, o então presidente interino Nicolás Maduro expulsou os adidos, acusando-os de tramar um "golpe" contra o governo. Ele acusou Washington de "provocar" o câncer de Chávez. No ano passado, a cônsul-geral da Venezuela em Miami, Lívia Acosta Noguera, foi expulsa dos EUA sob a acusação de ter se engajado com diplomatas iranianos em uma operação de ciberataque contra a Casa Branca, o Pentágono, o FBI e usinas nucleares americanas. / DENISE CHRISPIM MARIN

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.