EUA farão corte no Plano Colômbia

Bogotá - A embaixadora da Colômbia nos EUA, Carolina Barco, disse ontem que os recursos destinados pelos americanos ao Plano Colômbia - programa para combater a guerrilha e o narcotráfico em território colombiano - serão reduzidos a partir de 2008. Segundo Carolina, o Senado dos EUA planeja apresentar em um ou dois meses uma proposta de redução de 5%, e a Câmara deve propor um corte de 10%. Ela estima que o corte final variará entre US$ 30 milhões e US$ 40 milhões. No ano passado, a ajuda ficou em torno de US$ 600 milhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.