EUA fazem lista de procurados no Iraque; criança é morta

Os militares americanos emitiram pela primeira vez uma lista de procurados com dezenas de supostos líderes da insurgência antiamericana no Iraque, incluindo um prêmio de US$ 1 milhão por um ex-líder do partido proscrito Baath e provável coordenador de células guerrilheiras.Em Tikrit, três iraquianos, incluindo uma criança de 10 anos, foram mortas quando um míssil de morteiro, disparado por soldados americanos, atingiu a casa onde estavam. Autoridades dizem que o incidente está sob investigação.A lista de 32 rebeldes procurados inclui supostos líderes de guerrilha, ex-membros das Forças Armadas e ex-líderes do partido Baath, que sustentava a ditadura de Saddam Hussein.No topo da lista, com uma recompensa de US$ 1 milhão, está Mohammed Yunis al-Ahmad, uma importante figura do Baath. Os demais estão cotados com recompensas entre US$ 50.000 e US$ 200.000.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.