EUA fazem recall de ovos por suspeita de salmonela

Os Estados Unidos estão retirando cerca de 380 milhões de ovos das prateleiras dos supermercados do país por suspeita de contaminação pela bactéria salmonela. O número representa cerca de 0,5% da produção do país, de cerca de 90 bilhões de ovos por ano. Em nota divulgada ontem à noite, a Agência de Proteção Ambiental (EPA, na sigla em inglês) explica que o recall está sendo feito desde a sexta-feira passada, depois que centenas de pessoas ficaram doentes.

AE, Agência Estado

20 de agosto de 2010 | 12h58

A salmonela pode causar infecções sérias e levar à morte crianças, idosos e pessoas com sistema imunológico frágil. A EPA recomendou que os consumidores norte-americanos joguem o produto fora ou o devolva aos estabelecimentos onde foi comprado.

Investigação inicial mostrou que os ovos foram produzidos pela Wright County Egg, do Estado de Iowa, que no dia 13 promoveu um recall voluntário dos ovos produzidos em três de suas cinco fazendas. Anteontem, os ovos das duas outras fazendas começaram a ser retirados do mercado. A empresa vende o produto sob várias marcas que são distribuídas em todos os Estados Unidos.

A agência americana de vigilância sanitária, (FDA) informou ter montado um "escritório de crise" com cientistas, investigadores, epidemiologistas e especialistas em comunicação e enviou uma equipe de 10 investigadores para a Wright County Egg a fim de averiguar a fonte da contaminação. Nesta sexta-feira, vários varejistas, como o Walmart, soltaram notas para tranquilizar seus clientes. A rede disse ter retirado de suas lojas as marcas sujeitas ao recall e afirmou que está monitorando a situação de perto.

Doentes

Os ovos retirados do mercado estão sendo relacionados à contaminação de cerca de duas mil pessoas em dez Estados no país, de acordo com o Centro para Controle e Prevenção de Doenças, do governo dos EUA. Esse número pode crescer ainda mais, disseram autoridades sanitárias.

O recall também ameaça da indústria de ovos do país. Nos anos recentes, grandes recolhimentos de alimentos, como amendoim e espinafre, provocaram uma queda expressiva nas vendas. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAovossalmonelacontaminaçãorecall

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.