EUA fecham embaixada na Arábia Saudita. Ameaça terrorista

Os EUA vão fechar todas as suas representações diplomáticas na Arábia Saudita a partir deste sábado por um período indeterminado por causa das informações "críveis" de que terroristas estão para deslanchar ataques no reino, informou a embaixada norte-americana. Uma mensagem colocada no site da embaixada dos EUA em Riad, capital saudita, disse que as representações irão avaliar suas "posições de segurança". Eles irão informar a comunidade americana quando a revisão for completada e quando os escritórios dos EUA em Riad, na cidade costeira de Jidá e em Dhahran, no leste, planejam retomar suas operações normais. A embaixada disse que recebeu "informações críveis que terroristas na Arábia Saudita passaram do planejamento para a fase operacional dos ataques planejados no reino". "A embaixada exortou todos os cidadãos americanos no reino a ficarem especialmente vigilantes em qualquer área vista como americana ou ocidental", diz a nota. Em outubro, a embaixada recomendou os cidadãos americanos na Arábia Saudita a ficarem em alerta durante o período sagrado do Ramadã, que termina no final do mês. Na segunda-feira, a polícia saudita descobriu uma célula provavelmente ligada à rede terrorista Al-Qaeda na cidade sagrada de Meca. A polícia saudita acredita que essa célula estava planejando realizar ataques durante o Ramadã.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.