EUA fecharão embaixadas em países islâmicos após ameaça

Depois de receber ameaças, os Estados Unidos anunciaram que suas embaixadas e consulados em todos os países de predominância muçulmana permanecerão fechadas no domingo. Funcionários do departamento de Estado norte-americano afirmaram que o país está tomando medidas por cautela em relação às questões de segurança.

Agência Estado

02 de agosto de 2013 | 09h37

A porta-voz departamento de Estado, Marie Harf indicou que existem ameaças às instalações dos Estados Unidos no exterior e disse que alguns escritórios diplomáticos podem ficar fechados por mais de um dia.

Outras autoridades do país disseram que a ameaça ocorria nos países predominantemente muçulmanos, onde o domingo é um dia de trabalho normal. Missões diplomáticas norte-americanas na Europa e América Latina permanecerão fechadas no domingo regularmente.

O Departamento de Estado norte-americano emitiu um importante aviso no ano passado informando que as instalações diplomáticas do país deveriam permanecer fechadas diante de possíveis ataques em função do aniversário dos ataques de 11 de setembro. Neste dia, o consulado em Benghazi, na Líbia, foi atacado e quatro norte-americanos foram mortos, incluindo o embaixador Chris Stevens. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAembaixadasmundo islâmico

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.