EUA: Fed tenta equilíbrio entre emprego e inflação

O Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) está tentando equilibrar seus mandatos de empregos e inflação, e alguma vezes, ele pode ter de favorecer um em relação ao outro, dependendo sobre como a economia está reagindo, afirmou o presidente do Federal Reserve de Minneapolis, Narayana Kocherlakota.

Agência Estado

13 de abril de 2013 | 14h21

Kocherlakota afirmou, em comentários de um discurso realizado pelo Fed de Boston, que o banco central "busca mitigar os desvios" da inflação e do desemprego em relação a suas metas, e acrescentou que "esses objetivos são geralmente complementares".

Kocherlakota disse que "sob circunstâncias nas quais o Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc) do Fed julga que os objetivos não são complementares, ele segue uma abordagem equilibrada na promoção deles", e tem como alvo um ou outro lado, dependendo de quão longe a variável está de onde o Fed gostaria que estivesse. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Federal ReserveEUAempregoinflação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.